Banner rotativo

O time ANDEF-RJ venceu a equipe do Vasco na grande final. Em terceiro lugar ficou o CAIRA-MS.

No domingo, 12, a ANDEF-RJ se sagrou campeã do Campeonato Brasileiro de Futebol de 7 para atletas com paralisia cerebral, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. O clube fluminense bateu um rival do mesmo estado na final, o Vasco da Gama, que chegou à decisão com o status de atual tricampeão da competição. A vitória se deu nos pênaltis depois de um empate sem gols no tempo normal, com a ANDEF derrotando o Vasco por 4 a 1 nas penalidades. Na disputa pelo terceiro lugar, o CAIRA-MS levou a melhor diante do CEMDEF-MS, goleando o rival por 7 a 2.



Para chegar à final, a ANDEF enfrentou o CEMDEF-MS na semifinal, no sábado, 11, e venceu por 2 a 1. O time do Rio de Janeiro saiu atrás no marcador pela primeira vez no campeonato. Eduardo anotou 1 a 0 para o CEMDEF, mas conseguiu reagir e virou o jogo com gols de Jan Francisco e Luciano. Na outra semifinal, o Vasco ganhou do CAIRA sem dificuldades, aplicando uma goleada de 4 a 0. Gols de Ubirajara, Evandro e Wesley (duas vezes).

Após uma partida movimentada, bem disputada e pegada, a grande final entre Vasco e ANDEF, realizada na manhã de domingo, foi levada para os pênaltis. O time cruzmaltino conseguiu segurar o resultado de 0 a 0 mesmo com dois jogadores a menos, mas não pôde com a ANDEF nas penalidades máximas. Os gols foram convertidos por Wanderson, Fabio Bordignon, Diego Barta e Luciano, pela ANDEF. e Diego, pelo Vasco. Já na disputa pelo terceiro lugar, os autores dos sete tentos do CAIRA na vitória por 7 a 2 foram Thalles, Ronaldo (2), e Wesley Xuster (4). Pelo lado do CEMDEF, quem balançou a rede foi Magno Luiz, duas vezes.

Além da premiação aos campeões da ANDEF, quatro jogadores receberam prêmios individuais por seus desempenhos ao longo do campeonato. O atleta Givaldo Diniz, do Vasco, foi eleito o goleiro menos vazado da competição, sofrendo apenas os quatro gols de pênalti na finalíssima. Embora a ADD-MS não tenha chegado à semifinal, o atacante Johnny Greff levou o prêmio Revelação do Campeonato, além de ter sido premiado por ter sido o artilheiro, com nove gols em quatro partidas. Jan Francisco, da ANDEF, ficou com o prêmio Destaque da Competição.

Rodrigo Mesquita, técnico da ANDEF há 12 anos, falou sobre o sentimento de levantar a taça pela primeira vez. “Muito além de batermos o Vasco no campeonato, uma equipe muito bem estruturada, conseguimos vencer uma crise que hoje está estampada no nosso futebol. Treinamos muito, treinamos forte, treinamos os detalhes e vencemos nestes detalhes. Muitas vezes tínhamos o sentimento que este resultado nunca ia acontecer, não pela qualidade da nossa equipe, mas sim por dificuldades impostas para nossa equipe no decorrer do campeonato. Mas hoje vencemos todas as dificuldades e somos campeões brasileiros”, disse.

As equipes que disputarão a divisão de acesso no próximo ano são a SMEL ADMC-SP e a ATIVA-MS. No sábado, o time de Mato Grosso do Sul perdeu para o Arouca-RJ por 2 a 0, com gols de Matheus Henrique e Pedro João. No mesmo dia, a equipe do interior paulista foi derrotada pela ADD-MS por 5 a 2, com tentos de Bruno Alves e Johnny Greff (4) pela ADD, e Danilo e Jocimar pela SMEL ADMC.

Vasco terminou na segunda colocação/ Foto: ANDE