Na madrugada do último sábado,3, na Savemart Center Arena, em Fresno, nos Estados Unidos, o brasileiro Esquiva Falcão derrotou Luis Hernandez, de Porto Rico, por pontos e somou sua 16ª vitória na carreira profissional. O atleta capixaba dominou a luta, mas encontrou dificuldades para nocautear seu adversário nos oito rounds. Dois árbitros deram 79 a 73 e um 78 a 74 – ambos favoráveis ao brasileiro.

”Bati forte, tentei de todas as maneira derrubar o atleta, mas ele resistiu bem e até me surpreendeu no sétimo round. Cheguei a balançar depois de um golpe. Mas segui a estratégia passada pelo meu treinador e saí vencedor. Foi bom ter enfrentado um adversário desse nível – mesmo que sem saber como lutava”, disse Esquiva Falcão após a luta. Luis Hernandez foi chamado às pressas para substituir o norte-americano Gerardo Ibarra, que desistiu da luta 48 horas antes.        

Antes de começar a luta, o apresentador do combate fez uma homenagem às vítimas da tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense. Foi um pedido do lutador. ”Agora é descansar, regressar para Vitória e ver minha família para entrar com força máxima em 2017. Dedico o resultado para as vítimas do acidente trágico com o avião da Chapecoense. É um momento de tristeza e espero que essa vitória dê um pouco de alegria ao Brasil, que está de luto”, finalizou Esquiva Falcão. A próxima luta dele deve ser em fevereiro do ano que vem.

Esquiva Falcão tem 16 lutas como profissional na Top Rank e seu desempenho é de campeão. Foram 12 viórias por nocaute e nenhuma derrota para o atleta patrocinado por Netshoes, Paris Filmes e Everlast.

 

Foto capa: Flávio Perez/Onboardsports